Reunimos dicas de decoração, fotos fofas e receitas baby friendly para você se divertir na primeira festa junina do bebê e começar a criar memórias no arraiá

Publicidade

Junto do Carnaval, a festa junina é uma das celebrações mais tradicionais e importantes da cultura brasileira. Quem é que não tem boas lembranças da quadrilha, do bolo de milho, da pipoca, das roupas coloridas, cheias de remendos? Que tal, então, começar a criar as memórias do seu filho? BabyHome te ajuda a organizar um primeiro arraiá inesquecível para o seu pequeno. Selecionamos as melhores dicas de decoração, roupinhas e comidinhas apropriadas para os menores de 2 anos (e maiores de 6 meses, que já estão na fase da introdução alimentar) do Pinterest.

+ 10 ideias baratas e simples para a festa de aniversário do bebê

Decoração

As bandeirolas e o chapéu são itens simples e muito característicos. Já deixam o cenário com a cara da celebração. O bolo de pipoca pode ser feito com uma base de isopor. Aí, é só estourar a pipoca e ir colando em volta, com cola mesmo. 

Publicidade

Bandeirolas e chapéu caipiram já deixam a decoração com a cara das celebrações juninas
Reprodução/ Pinterest

O cantinho da “barraca do amor” fica perfeito para fazer aquela foto que você vai guardar para sempre. Dá para improvisar com uma caixa de madeira ou até de papelão, se você forrar com chita, por exemplo, ou encapar com kraft e decorar com bandeirinhas. 

A barraca do amor pode ser improvisada com objetos simples, que você tem em casa. E fica fofo na festa junina do bebê
Reprodução/ Pinterest

Aqui, o charme fica por conta das estampas e combinações usadas na montagem e confecção das bandeirolas. Aposte em várias cores e padrões para criar uma mesa colorida. Quanto mais cores, melhor. 

Muitas cores nas bandeirolas da festa junina do bebê
Reprodução/ Pinterest

Mais uma ideia para aproveitar a pipoca na decoração: uma cestinha, com espuma dentro, um palito de madeira e uma bola de isopor, tudo coberto com o milho estourado. As fitas e bandeirinhas deixam o enfeite mais colorido. 

A pipoca pode ser usada para criar enfeites personalizados
Reprodução/ Pinterest

Haja milho! As garrafinhas de vidro (que podem ser de embalagens reaproveitadas) ficam muito mais caraterísticas preenchidas com as pipocas, em volta do arranjo. Ainda ajuda a deixar as plantas mais firmes, no centro. 

Arranjos de flores também entram no clima com pipoca
Reprodução/ Pinterest

+ 7 dicas para economizar nos comes e bebes do aniversário do seu filho

Comidinhas

O milho verde já cozido e debulhado fica mais fácil para os bebês comerem. A partir dos 6 meses, o alimento natural já pode fazer parte do cardápio do seu filho – e eles costumam adorar, viu? Só cuidado com o sal. Prefira temperinhos naturais. Além de tudo, apresentado assim, em tubinhos, dá um charme extra para a mesa. Fofo, né?

Festa junina do bebê pode ter milho!
Reprodução/ Pinterest

Criança pequena pode comer bolo de fubá? Pode, sim, senhor. Desde que feito com algumas adaptações. Em vez de usar açúcar, por exemplo, você pode usar um purê de maçã para adoçar (basta cozinhar uma maçã descascada com dois dedos de água e depois bater até virar creme). O leite de vaca pode ser substituído por leite de aveia. Aqui, é servido em forminhas individuais. 

Bolo de fubá adaptado para bebês
Reprodução/ Pinterest

Bebê não pode comer pipoca? Na verdade, a pipoca tradicional, feita com o milho, não. Isso porque o alimento oferece um grande risco de engasgo. De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), a pipoca só deve ser oferecida depois dos 4 anos – e, mesmo assim, com supervisão. Mas existe uma alternativa: a pipoca feita com sagu. Os grãozinhos brancos também estouram na panela, mas não têm caroço, nem casquinha, ou seja, são mais seguros. 

 

 

Pipoca de sagu para festa junina do bebê
Reprodução/ Pinterest

+ 9 brincadeiras para improvisar com o bebê

A maçã do amor é uma delícia, mas, por conta do açúcar, não deve ser oferecida para crianças pequenas. No entanto,nada impede de você escolher maçãs bonitas e usá-las ao natural para decorar a mesa. É possível embalar, usar o laço e espetar no palito, dispensando a cobertura de calda açucarada com corante (pelo menos para os pequenos).

A maçã do amor pode ser servida, mas sem a cobertura para bebês
Reprodução/ Pinterest

Roupas de caipira

Um charme esse vestido típico, com estampa xadrez, decorado com fitas e florzinhas de fuxico. Para os pais e mães mais animados, é possível comprar um vestido simples e ir adicionando os adereços, deixando a peça exclusiva e feita sob medida para o seu pequeno caipira. 

Vestido de caipira customizado
Reprodução/ Pinterest

Tanto o vestido, como o coletinho podem ser customizados com enfeites feitos de tecido colorido. Bandeirolas, balões, laços e fogueira deixam as roupas com a cara do arraiá.

Vestido e colete de caipira para bebês
Reprodução/ Pinterest

 A gravata e o coletinho transformam qualquer roupa que seu filho for usar por baixo em um traje caipira de respeito! As peças podem ser feitas com retalhos de tecido, fitas de cetim e bastante capricho.

Festa junina do bebê: roupa caipira para meninos
Reprodução/ Pinterest

 

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.