Não há tanta diferença entre o cardápio típico da gravidez e as recomendações alimentares para quem acabou de dar à luz. O mais importante é continuar comendo de maneira saudável, priorizando alimentos in natura ou minimamente processados. Afinal, seu corpo acabou de enfrentar várias modificações. E, se você amamenta, os hábitos saudáveis se tornam ainda mais essenciais.

Publicidade

Ingestão de água

A ingestão constante de água, por exemplo, precisa ser redobrada, já que a parte líquida do leite é produzida a partir da hidratação da mãe. Não é necessário ficar contando quantos copos você toma por dia, mas sentir sede – com direito à boca seca – é comum entre as mulheres que dão de mamar, por isso, mantenha uma garrafinha sempre ao seu alcance, especialmente nos lugares em que você costuma amamentar. Mas, se quiser seguir o recomendado pelos médicos, beba 3 litros ou mais por dia.

O que priorizar nas refeições

Sentir mais fome também é comum. A fase de aleitamento materno deve priorizar comidas feitas em casa e pratos que incluam  frutas, legumes, verduras, arroz, feijão, carnes e ovos. Nos intervalos entre as mamadas e/ou as principais refeições, faça lanches leves: barrinhas de cereais, saladas de frutas, vitaminas à base de iogurte, bolachas de água e sal, etc.

Dieta

Outra informação importante: nem pense em tomar remédios para emagrecer agora que o bebê nasceu. Em questão de poucos meses, seu peso pode voltar ao de antes da gestação. Mesmo porque, amamentar exige mais esforço do corpo do que a própria gravidez – o corpo chega a queimar de 800 a 1.000 calorias por dia para a produção de leite. E isso faz com que as mães consumam até 300 calorias extras do que as necessidades diárias.

Publicidade

E mais:

+ Pós-parto: cuide bem da sua recuperação

+ 10 bons motivos para amamentar

+ Hora de retornar à atividade física

Quer saber mais? Assine nossa newsletter e receba toda semana mais matérias sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e gratuito.