Muitos pediatras orientam que a criança só deve começar a usar sapatos quando estiver andando. É por volta dessa faixa etária, de 1 ano e 3 meses, que a maioria dos bebês alcança esse importante marco do desenvolvimento. É em casa que os passinhos serão treinados com maior afinco, já que se trata de um território conhecido, com vigilância integral e limpo de um modo e com uma frequência determinados por você. E, justamente por isso, deixe que seu filho ande descalço à vontade em sua residência.

Ficar com os pezinhos livres ajuda a manter o equilíbrio, aperfeiçoa a coordenação e auxilia na formação da cavidade da planta do pé. E mais: os dedinhos “seguram” o chão e constroem suas curvaturas. Portanto, calce seu filho apenas para proteger seus pés de superfícies frias ou ásperas e, ainda assim, opte por meias com solado de borracha para evitar escorregadelas.

O desenvolvimento do andar

Com 15 meses de idade, andar direitinho é uma questão de confiança e equilíbrio. No começo, passos largos e meio cambaleantes, com a barriga projetada para a frente, é a postura mais comum. Depois, à medida que o seu filho passar a ganhar mais experiência nessa habilidade, essa distância entre os pés vai diminuindo e os dedos dos pés apontarão para a frente em vez de virarem para fora. Ele ainda será capaz de ações como carregar um brinquedo em um braço enquanto se locomove, olhar para cima quando anda e até alcançar objetos acima de sua cabeça.

Empurrar brinquedos como caminhões, carrinhos de boneca ou de supermercado é uma grande farra nessa etapa, principalmente porque a criança se diverte duplamente ao colocar e carregar coisas nesses “meios de transporte”. Entre 1 ano e 6 meses e 1 anos e 8 meses, caminhar será fácil. Aproveite, até lá, para fazer muitos vídeos dessa etapa tão cambaleante e engraçada!

E mais:

+ 18 meses: um ano e meio de muitas evoluções e descobertas

+ Dicas de brinquedos interessantes e como organizá-los

+ Por que a criança precisa ter contato com a natureza

Quer saber mais? Assine nossa newsletter e receba toda semana mais matérias sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e gratuito.