1

Toque-o. Durante a amamentação, por exemplo, faça carinho em seu cabelinho e passe os dedos pelas mãozinhas dele.

2

Converse com seu filho. Um recém-nascido dorme bastante. Por isso, aproveite os momentos das trocas, quando a criança está acordada, para falar palavras afetuosas e dizer o quanto a ama.

3

Cante com voz suave. Seu bebê já conhece a sua voz desde que estava na barriga. Entre todos os sons que dia após dia vem aprendendo a reconhecer, é o timbre da mãe que ele mais gosta de ouvir – faça valer essa preferência com canções de ninar, principalmente naquelas ocasiões chatinhas de cólica.

4

A mão não deve disfarçar o seu cheiro natural. Em menos de uma semana de vida, os bebês que são amamentados já conseguem discriminar o odor do leite de suas mães do cheiro do leite das outras mulheres. Mesmo os que são alimentados com mamadeira são capazes de identificar o cheirinho materno. É por isso que os especialistas recomendam que as mães recentes não abusem de cremes ou óleos e atrapalhem esse reconhecimento “olfativo” dos primeiros meses.

5

Faça contato olho no olho. Os bebês são capazes de enxergar, assim que nascem, objetos a uma distância de 20 a 30 cm. É a distância exata, quando estão mamando ou aconchegados no colo, entre os olhinhos do bebê e o rosto da mãe. Esse contato é primordial para transmitir segurança, conforto e afeto.

E mais:

+ Como é a visão do bebê?

+ Dar colo estraga o bebê?

+ O vínculo entre pai e bebê

Quer saber mais? Assine nossa newsletter e receba toda semana mais matérias sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e gratuito.