No começo, as coisas podem ser meio confusas, mas se você se mantiver firme em busca de uma organização tudo pode fluir melhor. Veja essas dicas:

PUBLICIDADE

1) Estabeleça horários

O primeiro passo é estabelecer horários para as principais atividades, como hora do banho, mamadas e sono. Para não perder o ritmo, essas ações devem ser feitas em “dupla” – e os pais vão precisar trabalhar juntos nessa tarefa, ou encontrar quem possa ajudar a fazer tudo no mesmo horário. Assim, os dois bebês podem tirar uma soneca juntos à tarde, por exemplo, e vocês aproveitam para descansar ou se ocupar com outra tarefa.

2) Controle rígido

Anotem os horários em que fazem tudo, separadamente para cada bebê. Isso evita confiar apenas na memória e depois ficar confuso. Vocês podem usar um caderno, uma agenda ou um app. Registrem também se fizeram xixi e cocô e tudo aquilo que acharem pertinente.

3) Delegue tarefas

Peçam e aceitem ajuda. A mãe (ou os pais) não precisa nem deve tomar conta de tudo. A não ser se incumbir da única função que cabe às mães – amamentar -, todo o resto pode ser delegado.

4) Encontre o seu jeito

Lembre-se: não existe certo nem errado, mas o que funciona ou não para a sua família. Ouçam conselhos, sim, mas testem alternativas, busquem soluções e, por fim, adotem escolhas e práticas que deem certo na sua casa.

5) Entenda as diferenças

Mesmo gêmeos idênticos na aparência têm temperamentos, vontades e gostos próprios – e isso se manifesta muito cedo. A observação aguçada permite que você identifique, logo no primeiro mês, se um é mais calminho do que o outro, se o outro sente mais fome, se os dois choram ao mesmo tempo por determinado motivo… Importante saber que essa análise é uma ferramenta para identificar necessidades, não para aplicar rótulos.

6) Facilite o dia a dia

Como o trabalho é em dobro, os pais terão menos tempo para as demais atividades. Então, é importante facilitar o dia a dia ao máximo: comprem comida congelada; peçam delivery (de preferência saudável, pois a mãe, principalmente, precisa estar bem nutrida); contratem uma babá se puderem; tenham alguém para ajudar a limpar a casa; invistam, se possível, em uma máquina de lavar e secar roupas, pois haverá o dobro de roupinhas.

7) Formas de distrair os gêmeos

Algumas coisas ajudam a distrair os bebês, para aqueles momentos em que você precisa dar atenção para um só deles: cadeirinhas de balanço, músicas, mordedores, brinquedinhos coloridos, móbiles… Teste e adote o que faz mais efeito para vocês.

E mais:

+ Tudo o que você precisa saber sobre o sono do bebê

+ A importância de estabelecer uma rotina

+ Pós-parto: cuide bem da sua recuperação

Quer saber mais? Assine nossa newsletter e receba toda semana mais matérias sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e gratuito.