Nos três primeiros meses, as mãos eram apenas uma espécie de “apêndice” dos braços. À medida que o seu filho vai crescendo e ampliando a consciência corporal, elas se tornam alvo de muito encantamento e curiosidade.

PUBLICIDADE

Agora, os bebês descobrem a função de suas mãozinhas ao pegar algo que lhes desperte a curiosidade – e depois olhar, balançar, sacudir e, claro, levá-las à boca. Eles também gostam de observar os movimentos dos dedinhos e de chupá-los – mesmo que eles já sugassem os dedos dentro do útero, aqueles eram movimentos que os médicos consideram reflexos, não intencionais como nesta fase.

Que tal brincar de fazer o seu filho pegar o seu dedo, o seu cabelo ou passar a mão no seu rosto? Outra ideia para estimulá-lo é fazê-lo tocar objetos de tamanhos, materiais e texturas diferentes.

PUBLICIDADE

E mais:

+ Por que bebês amam sugar pés e mãos

+ Etapa de muitos risos e reações fofas

+ Quarto mês de vida: o que esperar?

Quer saber mais? Assine nossa newsletter e receba toda semana mais matérias sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e gratuito.