O bebê nasce enxergando muito mal. O sistema visual, que consegue diferenciar o claro do escuro ainda no útero, termina de se desenvolver somente depois que seu filho sai da barriga. Com um mês de vida, o recém-nascido não consegue visualizar nada que esteja além de 20 a 30 centímetros. É o suficiente para ver o rosto da mãe, ainda que de forma bem embaçada, especialmente quando está mamando. O amadurecimento da visão só termina por volta de 2 anos de idade.

O que esperar em cada fase:

1 mês

Enxerga em média apenas de 20 a 30 cm de distância e de forma muito embaçada e até duplicada. Mas consegue reconhecer expressões faciais já – por isso, capriche nas caras e bocas! Ele ainda está fortalecendo os músculos dos olhos e, não raro, você o verá ficar vesgo.

2 meses

O bebê já consegue acompanhar um objeto com os olhos, mas só se ele estiver próximo. Nessa fase, ele visualiza itens com um pouco mais de nitidez, mas ainda de forma desfocada. Ele também consegue diferenciar duas cores fortes e contrastes, mas tem dificuldade de fazer essa separação para tons semelhantes.

4 meses

Seu filho já diferencia tons mais semelhantes, como rosa e vermelho. Sua visão ganha, agora, mais profundidade e tridimensionalidade.

 

https://youtu.be/AmeGYKV-L5s

(Reprodução: Centro oftalmológico britânico Clinic Compare)

5 meses

Ele já acompanha bem melhor o movimento dos objetos, inclusive os pequenos. E também pode diferenciar tons pastéis.

8 meses

Tanto a profundidade como a nitidez da visão do bebê ficam bem parecidas com a de um adulto. Esse processo pode acontecer perto de ele completar 1 ano.

2 anos

A visão do bebê está bem amadurecida e ele pode enxergar melhor e mais longe.

Como saber se o bebê tem problema de visão?

Alguns bebês demoram mais e outros menos para alcançar essas conquistas no campo de visão, cada um tem seu ritmo. Mas, de modo geral, quando seu filho estiver perto de 1 ano de idade, procure reparar se:

  • ele franze muito a testa para enxergar
  • bate muito o corpo em objetos ou esbarra em coisas
  • não acompanha itens em movimento
  • se aproxima muito dos objetos para enxergar (como um livro, por exemplo)
  • pisca muito

Esses podem ser sinais de que seu filho não enxerga bem. Converse com o pediatra.

E mais:

+ Seu bebê encantado com um mundo de cores

+ Móbiles: vale a pena comprar para o berço do seu filho?

+ Confira 5 dicas para estreitar o vínculo com seu bebê

Quer saber mais? Assine nossa newsletter e receba toda semana mais matérias sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e gratuito.

Ei, gostou do conteúdo?
Então não deixe de assinar nossa newsletter e receba os melhores conteúdos sobre gravidez, maternidade e o mundo dos bebês. Além disso, receba grátis também 3 livros infantis em formato de e-book.

    É Gratuito ;)

      Ei, gostou do conteúdo?
      Então não deixe de assinar nossa newsletter e receba os melhores textos sobre gravidez, maternidade e o mundo dos bebês.
      É Gratuito ;)