É muito provável que, à essa altura, o seu filho já esteja viradinho de cabeça para baixo. A posição, também chamada de vértex, é a ideal para o parto. Porém, o bebê ainda pode virar várias vezes antes do nascimento.

Os pulmões e o sistema nervoso ainda não amadureceram totalmente, mas isso não deve ser motivo de preocupação caso você enfrente um parto prematuro. Esta data é considerada um limiar e, se ele nascer entre esta e a 37ª semana, vai ser um prematuro tardio. A maioria dos bebês que nasce nessa fase não enfrenta grandes problemas de saúde e já pode até mamar – é nesse período que surge o reflexo de sucção, necessário para o aleitamento.

Com os cuidados adequados, há condições favoráveis para a criança se adaptar à vida fora do útero mesmo nascendo antes do tempo. Afinal, seu pequeno começou a desenvolver o próprio sistema imunológico, capaz de protegê-lo contra infecções leves. Na 40ª semana, ao nascer, a defesa terá um “upgrade” através do leite materno.

E mais:

+ O desenvolvimento do bebê de 35 semanas

+ Parto prematuro: o que você precisa saber

+ Preparando as malas de maternidade

Quer saber mais? Assine nossa newsletter e receba toda semana mais matérias sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e gratuito.