Esses primeiros seis meses com o bebê foram intensos. Vocês se conheceram, criaram uma rotina, riram e choraram juntos. Ele provavelmente já ficou de bruços, rolou para trocar de posição e senta sem (quase nenhum) apoio. Mas tem muito mais conquistas para vir.

Prepare-se: arrastar-se pelo chão e engatinhar são as próximas habilidades do seu filho. E, com isso, um novo olhar da criança para a casa: ela vai mexer em portas, arrastar cadeiras, se enfiar debaixo da mesa… É a fase de deixar tudo muito bem equipado à prova de acidentes. Quer ver tudo o que ainda vai acontecer? Prepare-se para os spoilers!

PUBLICIDADE

+ Como deixar a casa segura para o bebê

Como fica o sono

Até completar nove meses de idade, a criança vai se movimentar mais ativamente. E isso pode significar que ela vai adotar estilos “alternativos” de locomoção até conseguir andar de fato. Com tanta atividade, o sono tende a se tornar mais estável. Mas cuidado com o exagero de estímulos: o excesso de cansaço faz com que as crianças acordem mais à noite.

+ Preparando os primeiros passos

Introdução alimentar

A mudança principal dos próximos seis meses do bebê, no entanto, diz respeito à alimentação. Com a introdução de alimentos sólidos no cardápio, um novo mundo se abre diante da criança.

+ Quando introduzir papinha de bebê e outros alimentos

Além de experimentar sabores diferentes, ela também vai aprender a segurar copos e talheres, mexer na comida, se lambuzar etc. E os dentes começam a aparecer um após o outro – espere por muita baba, alguma febre e dias bem manhosos.

Separação da mãe

Geralmente, é por volta dos seis meses que a maioria das licenças-maternidade chega ao fim e ocorre a separação da mãe e do bebê. É nesse ponto que surge o desafio de continuar a oferecer leite materno, mesmo ficando a maior parte do dia longe.

Outras pessoas passam a ocupar um espaço importante do dia a dia do seu filho, caso você volte a trabalhar: os cuidadores do berçário, os avós, a babá ou quem for ficar responsável pela criança. Isso pode provocar um pouco de medo e ansiedade de separação.

É uma fase crucial para que seu filho fique mais independente. Essa independência virá, inclusive, com a melhora na comunicação – ao começar a balbuciar as primeiras palavras – e com a vontade de descobrir o mundo: é uma etapa em que os passeios podem e devem se tornar mais constantes. Aproveite! Passa rapidinho e você vai ter saudades dessa fase.

PUBLICIDADE

E mais:

+ 12 alimentos proibidos para o bebê antes de 1 ano

+ Sem culpa ao retomar o trabalho

+ Como tirar e congelar o leite materno

Quer saber mais? Assine a newsletter de BabyHome e receba toda semana mais dicas sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e grátis.

Ei, gostou do conteúdo?
Então não deixe de assinar nossa newsletter e receba os melhores conteúdos sobre gravidez, maternidade e o mundo dos bebês. Além disso, receba grátis também 3 livros infantis em formato de e-book.

    É Gratuito ;)

      Ei, gostou do conteúdo?
      Então não deixe de assinar nossa newsletter e receba os melhores textos sobre gravidez, maternidade e o mundo dos bebês.
      É Gratuito ;)