Aquele recém-nascido pequenino e sonolento se transformou num bebê fofucho, curioso e cheio de vitalidade. Você vai reparar, por exemplo, que as mamadas vão deixar de ser tão calminhas, porque a criança vira a cabecinha na direção de qualquer barulho que escutar a fim de descobrir de que se trata. O olhar, inclusive, é superatento: ele segue com os olhos pessoas e objetos próximos.

No terceiro mês também é comum que o bebê comece a ter um pouco mais de firmeza e a sustentar a cabeça. Outro dado importante é que ele já consegue segurar e agitar voluntariamente as coisas, como brinquedinhos. Portanto, muito cuidado com o que vai deixar por perto, principalmente no trocador.

É uma fase maravilhosa, pois seu filho passa a interagir e a sorrir mais de forma espontânea – inclusive, dá início às primeiras tentativas de “bater papo”, soltando grunhidos e barulhinhos fofos. Aproveite para conversar bastante com o bebê e não deixe de se referir a ele sempre pelo nome. Ah, outra mudança – muito linda! – que você deve notar é o fato de seu pequeno querer chamar a sua atenção, ficando mais agitado na sua presença.

E mais:

+ Barulhinho bom: começa o desenvolvimento da linguagem

+ Móbiles: vale a pena comprar para o berço do seu filho?

+ Como é a visão do bebê?

Quer saber mais? Assine nossa newsletter e receba toda semana mais matérias sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e gratuito.