O trabalho de parto pode durar muitas horas desde que as primeiras contrações começarem a aparecer. Para aliviar a dor e favorecer o nascimento, há uma série de medidas que você pode adotar – por maior que seja o incômodo. Manter a calma é a primeira atitude básica, vamos às demais:

• Tente mudar de posição, buscando maior conforto em cada momento: sentada na cama, deitada de lado, de cócoras, sentada sobre a bola de Pilates ou em um banquinho, de quatro, ajoelhada… O importante é encontrar um jeito em que as contrações provoquem menos dor e que favoreça a saída do bebê.

PUBLICIDADE

• Tomar banho de chuveiro ou ficar imersa numa banheira cheia de água quente pode ajudar.

• Beba água para ganhar hidratação e energia – o bebê também vai se beneficiar!

• Respirar profundamente, no ritmo das contrações, facilita a abertura do canal do parto e a saída do bebê. Essa respiração deve ser profunda e lenta, cadenciada, com inspiração pelo nariz e expiração pela boca. Assim, o bebê também se beneficia do oxigênio.

• Ouça uma música suave, de ritmo relaxante. 

• Caminhar e movimentar-se diminui a dor e auxilia no controle da ansiedade.

• Segure a mão de uma pessoa que lhe transmita serenidade e confiança. 

• Peça uma massagem na região lombar.

• Não tenha receio de pedir ajuda para alívio da dor nem de expressar o que sente. A analgesia é um direito da mulher e permite que ela continue a se movimentar e a fazer força, embora não sinta mais as dores – apenas o endurecimento da barriga durante as contrações.

+ Anestesia no parto: quais as diferenças entre peridural e raquidiana

E mais:

+ Saiba quais intervenções podem ocorrer durante o parto

+ Parto: tudo o que você precisa saber sobre o assunto

+ Quase lá: veja os sinais que indicam que o parto está próximo

Quer saber mais? Assine nossa newsletter e receba toda semana mais matérias sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e gratuito.