Provavelmente a sua resposta será sim. É natural que o cabelo fique realmente mais oleoso durante a gravidez. Mesmo quem nunca sofreu com o excesso de oleosidade pode vir a ter problemas para manter os fios sem aquele brilho característico na raiz. E quem já tem naturalmente de lidar com uma produção grande das glândulas sebáceas deve se preparar para despender um maior cuidado ao longo da gestação.

+ Tinturas, luzes, alisamento dos cabelos na gravidez… Pode ou não pode?

Basicamente, você vai precisar lavar com mais frequência os cabelos. Comprar um shampoo específico para cabelo oleoso é a melhor solução para atravessar a gravidez, que acaba sendo um período de muitas mudanças nos fios. E não tem problema lavá-lo todos os dias. Mas cuidado com a temperatura da água, que deve ser morna, para não aumentar a produção das glândulas sebáceas. Também fique atenta ao uso do condicionador, que não deve ser aplicado perto da raiz, apenas no comprimento dos fios (do meio para as pontas), para não piorar a oleosidade.

+ Como lidar com os principais desconfortos do primeiro trimestre?

Pode usar o secador?

Se for secar o cabelo com o secador, mantenha uma distância de, no mínimo, 15 centímetros do seu couro cabeludo. Não use o jato de ar muito quente: o ideal é que ele esteja morno e, se possível, que você finalize com um jato de ar frio, para não estimular as glândulas sebáceas. Pelo mesmo motivo, evite usar a chapinha.

Com um pente, você pode distribuir a oleosidade por todo o fio, para ajudar na hidratação das pontas e retirar o excesso da raiz. Não esqueça de lavar o pente depois, para não deixar resíduos. E relaxe: o cabelo tende a voltar ao normal alguns meses depois do nascimento do bebê.

Por que o cabelo fica mais oleoso na gestação?

O aumento do hormônio estrogênio no organismo estimula as glândulas sebáceas do couro cabeludo. É o mesmo mecanismo que faz com que a pele do rosto também fique mais oleosa e algumas espinhas apareçam. A ação hormonal também faz com que os fios caiam menos durante a gestação e, assim, o cabelo fique mais tempo na fase de crescimento e ganhe volume e brilho. Outra alteração possível é na textura dos fios, que podem ficar mais ondulados ou lisos.

E mais:

+ Que linha escura é essa na minha barriga?

+ Previna-se contra as varizes

+ Hormônios x parceiro: uma relação delicada

Quer saber mais? Assine a newsletter de BabyHome e receba toda semana mais dicas sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e grátis.