Um guia com as principais perguntas e respostas para quem vai ter um bebê e precisa escolher qual cadeirinha ou bebê conforto comprar. O dispositivo é obrigatório para o transporte de crianças em veículos

Se tem algo de que você não pode se esquecer já na hora de ir para a maternidade é a cadeirinha ou bebê conforto. O item é obrigatório e deve ser usado logo após a alta, no primeiro trajeto para casa, assim que a família deixar o hospital – e a partir daí, em todas as outras saídas de carro com seu filho. Mas entre tantas opções disponíveis no mercado, como saber qual é a melhor, a mais segura, a que melhor se encaixa nas necessidades e, claro, no orçamento da família? BabyHome preparou um guia com as principais perguntas e respostas sobre este item indispensável e fez uma seleção com dicas de modelos. Acompanhe:  

Como escolher o melhor bebê conforto ou cadeirinha para comprar para o bebê? Quais são as principais dicas?

Na hora de comprar uma cadeirinha, o primeiro ponto a se considerar é a idade e o tamanho da criança. Existem os bebês conforto, indicados para crianças de 0 a 1 ano de idade ou até 13 kg; as cadeirinhas do grupo I, de 1 a 4 anos de idade ou de 9 a 18 kg, e o assento de elevação booster) de 4 anos de idade até 7 anos e meio ou até 36kg. É preciso escolher o dispositivo certo, que se adeque para cada fase do seu filho. Além disso, verifique se o produto cabe no seu veículo, se o seu carro permite a instalação correta, com cinto de três pontos ou sistema Isofix, e o mais importante: se é certificado com o selo de segurança do Inmetro. Em seguida, veja se oferece conforto à criança, se é fácil de limpar, se é possível encaixá-la na base do carrinho de bebê (para quem opta por produtos do tipo travel system) e todos os outros detalhes. 

+ Qual carrinho de bebê comprar? Um guia completo para você escolher o melhor

É melhor comprar um bebê conforto e depois, mais para frente, a cadeirinha maior? Ou é melhor comprar a cadeirinha evolutiva, que vai se adaptando ao crescimento do bebê? Quais as vantagens e desvantagens de cada opção?

Depende. Em geral, o bebê conforto, como o próprio nome já sugere, é mesmo mais confortável para os recém-nascidos e crianças de até 1 ano. O dispositivo se adequa à anatomia das crianças pequenas e tem uma alça para facilitar na hora de os pais carregarem o acessório – com ou sem o bebê dentro dele. Alguns modelos se encaixam em bases de carrinho, o que facilita ainda mais a rotina da família. No entanto, se essa for a sua escolha, é importante saber que dentro de 1 ano você terá de investir em um novo modelo, adequado para crianças maiores. Dependendo do orçamento da família, é possível comprar desde o início os modelos que se adaptam a mais de um grupo, como as cadeirinhas que vão de 0 a 18 ou de 0 a 36 kg. Acaba sendo uma opção mais econômica, mas é importante atentar-se à instalação e à forma correta de uso para cada caso.

Bebê conforto que vira cadeirinha Mass, da Fisher Price
A cadeirinha Max, da Fisher Price, é evolutiva, ou seja, acompanha o desenvolvimento da criança de 0 a 36 kg. O que varia é o jeito de montar e de instalar. A almofada ajuda a manter o conforto dos menores e o produto tem três posições de recline

O que observar no bebê conforto ou cadeirinha, em termos de praticidade?

Verifique se a instalação é fácil e se a cadeirinha cabe no seu carro. No caso do bebê conforto, veja se a alça de carregamento tem trava e se ela é confortável para carregar. Veja também se essa alça tem uma trava segura. Confira se o tecido é removível e se pode ser lavado. Se tiver uma base, fica mais fácil tirar e colocar a cadeirinha no veículo, com segurança. Em termos de praticidade, os modelos travel system, ou seja, que se encaixam em uma base de carrinho (vendida em conjunto ou separadamente), também ganham pontos. Isso porque você consegue tirar o bebê do carro e colocar o bebê conforto sobre o carrinho sem precisar trocar a criança de assento. Se ela estiver dormindo, por exemplo, as chances de acordá-la são menores. 

Qual o melhor tipo de tecido para o bebê conforto ou cadeirinha? Tem tecido lavável?

Quem é pai, mãe ou cuidador precisa estar preparado para certos “acidentes”. É comum que os bebês regurgitem, ou seja, que devolvam pela boca parte do leite que mamaram. Crianças maiores também podem vomitar, o cocô ou o xixi podem vazar da fralda, eles podem derrubar alimentos ou bebidas ao se alimentarem durante o trajeto… Enfim, quase tudo pode acontecer. Por isso, é importante escolher um bebê conforto ou cadeirinha que tenha o revestimento removível, para você poder lavar em caso de necessidade. Se você gostou de algum modelo que não tenha essa facilidade, fique tranquilo! Existem capas que se encaixam em diferentes tipos de cadeirinhas e que podem ser compradas separadamente.

Cadeira com isofix e rotação Baby StyleEste modelo, Baby Style, conta com sistema isofix e com rotação 360º. Ocupa mais espaço no carro, mas a instalação correta fica mais fácil para todos os grupos. Atende crianças de 0 a 36 kg, ou seja, é do tipo evolutiva

Vale a pena comprar capa avulsa? Existem versões disponíveis para todos os tamanhos de cadeirinha?

Se a sua cadeirinha não tiver uma capa que sai para lavar ou se colocar e retirar for muito complicado, vale a pena investir em uma capa, sim, já que a cadeirinha deve ser higienizada sempre. Verifique, apenas, se o acessório é compatível com o seu dispositivo e se permite o ajuste correto do cinto, tanto do veículo, quanto o da própria cadeirinha no bebê, sem atrapalhar o desempenho e a segurança. O tecido deve ser macio, suave ao toque e prático para limpar. 

O que observar em termos de segurança na hora de escolher qual cadeirinha ou bebê conforto comprar?

Verifique se a cadeirinha tem um sistema de instalação fácil e se você seguiu à risca todos os passos do manual na hora de colocá-la no veículo. O cinto de segurança da cadeirinha deve ser de cinco pontos, que distribui melhor o peso em caso de impacto. Além disso, ele deve estar sempre regulado, de acordo com o tamanho do bebê. Veja se a alça para carregar o acessório tem trava. A cadeirinha, com base ou sem, deve ficar presa em três pontos no veículo (os dois pontos do cinto abdominal e o terceiro do cinto transversal – que geralmente passa por trás da cadeirinha). Se tiver base isofix, o terceiro ponto passa a ser o braço que fica preso na carroceria do veículo. Observe sempre se o produto tem o selo de aprovação do Inmetro e, antes de comprar, veja listas de avaliações de produtos e comentários de outros usuários. Pesquisar nunca é demais!

Bebê conforto Touring, da BurigottoO bebê conforto Touring, da Burigotto, está entre os modelos com melhor custo-benefício. Aprovado em testes de segurança, deve ser instalado de costas para o movimento e pode ser usada de recém-nascido a 13 kg

É vantajoso comprar cadeirinha que se encaixa no carrinho do bebê? Por quê?

Sim, a cadeirinha compatível com base do carrinho (travel system) costuma ser vantajosa. Pais e mães entenderão! O sono do bebê é algo quase sagrado e, quando ele estiver dormindo durante o passeio de carro, você não vai querer acordá-lo, retirando-o da cadeirinha e passando-o para o carrinho. Se puder apenas tirar a cadeirinha do carro e encaixá-la na base do carrinho, fica mais fácil de manter o conforto e o sono do seu filho. No entanto, você precisa considerar que, provavelmente, dentro de 1 ano ou quando ele atingir mais de 13 kg, peso máximo que a maior parte dos bebês conforto suporta, terá de trocar o dispositivo por uma cadeirinha maior.

É melhor comprar a cadeirinha com base Isofix ou a que prende pelo cinto de segurança do veículo? Quais as diferenças?

O Isofix é um sistema internacional padronizado, que facilita a fixação da cadeirinha ao banco do carro, tornando mais fácil garantir que a instalação esteja correta e segura. A tecnologia facilita – e muito – a vida dos pais de primeira viagem porque, uma vez que a base está presa, é só encaixar a cadeirinha, sem precisar ficar passando o cinto todas as vezes. Com o sistema Isofix, a base é presa por clipes em dois pontos de ancoragem no encosto e o terceiro ponto é um braço, todos presos diretamente no chassi do carro. Antes de comprar, é preciso saber se seu carro conta com essa possibilidade e se a cadeirinha escolhida é compatível. Geralmente, a ancoragem fica embaixo de capas removíveis, mas a indicação de que ela existe naquele assento pode vir por meio de etiqueta sinalizadora, no estofado. Alguns contam com um ponto extra de apoio na parte superior do encosto. 

A base simples para bebê conforto é diferente do Isofix? Vale a pena?

A base simples para bebê conforto é diferente da base Isofix. Ela facilita a instalação e a utilização da cadeirinha, mas é presa com o cinto de segurança. O acessório é afixado ao assento do veículo pela parte abdominal do cinto de segurança e pode ficar direto ali. Quando for entrar com o bebê conforto, você só encaixa o dispositivo sobre a base e passa a parte transversal do cinto por trás da cadeirinha, prendendo nos locais indicados. Isso facilita o processo e dá mais espaço para o bebê, já que a parte abdominal do cinto passa pela base e não por cima das perninhas dele. Verifique apenas se a base é compatível com o modelo de cadeirinha e certifique-se de instalar corretamente, seguindo o manual.

 

Bebê conforto Narni Onyx
O modelo Nari Onyx, da Infanti, é Travel System, ou seja, é compatível com os carrinhos Infanti e com a base Terni (vendida separadamente). Isso facilita o dia a dia dos pais, na hora de sair com o bebê. A capa pode ser retirada e lavada na máquina

+ Primeiro passeio com o bebê, um momento especial

O que é cadeirinha com rotação? Vale a pena?

A cadeirinha com sistema giratório ou com rotação também tem base isofix e a vantagem é que pode ser usada por mais tempo voltada para trás. Diversas pesquisas e testes realizados em diferentes países do mundo já mostraram que é mais seguro usar a cadeirinha ou o bebê conforto de costas para o movimento. Pela legislação de trânsito, no Brasil, as cadeirinhas devem ser usadas dessa forma até 1 ano de idade. No entanto, especialistas dizem que, mesmo depois dessa idade, a posição continua sendo mais segura.

Especialistas da Academia Americana de Pediatria (AAP) orientam aos pais nos Estados Unidos que as crianças fiquem de costas até os 4 anos. Isso porque a cabeça do bebê é grande em relação ao corpo e os ossos do pescoço ainda são fracos, não estão plenamente desenvolvidos. Em caso de impacto, se a criança estiver virada para frente, a cabeça e o pescoço são violentamente lançados para frente, aumentando a probabilidade de lesões graves.

Tudo isso para explicar que as cadeirinhas que possuem sistema giratório de 360º, presas à base isofix, facilitam na hora de prender as crianças ao cinto e permitem que elas fiquem mais confortáveis viradas para trás, mesmo quando passam de 1 ano. As desvantagens são o preço – geralmente elas são mais caras que as tradicionais, fixas – e o tamanho – elas são mais pesadas e ocupam mais espaço também, em comparação aos modelos que não rotacionam. 

Sobre o tamanho das cadeirinhas: existem modelos maiores e menores? É preciso pensar no tamanho do veículo e no espaço que você tem ou é padrão?

Sim, existem modelos que ocupam mais espaço e outros menos. As cadeirinhas que abrangem o Grupo II, ou seja, que podem ser usadas até os 18 ou 36 kg costumam ser maiores e mais pesadas que o bebê conforto. As cadeirinhas com rotação também ocupam mais espaço.

 

Bebê conforto Tutti Baby NinoO bebê conforto Tutty Baby Nino é revestido com tecido macio e confortável, que pode ser retirado para lavar. É feito para bebês do Grupo 0+, ou seja, de 0 a 13 kg. Pode também ser usado como balanço, fora do carro, e a capa é retrátil e removível

Qual peso um bebê conforto deve suportar? Até que idade a criança pode usar?

Depende do grupo. O bebê conforto que atende o Grupo 0+, ou seja, crianças de 0 a 1 ano, geralmente pode ser usado desde o nascimento até que a criança complete 13 kg. Já as cadeirinhas para o Grupo I e II podem ir até 18 kg ou 36 kg, dependendo do modelo. 

É importante que a cadeirinha tenha algum tipo de reclinação? Por quê?

Se você vai comprar um bebê conforto é importante verificar em que posição o bebê ficaria, inclusive quando o dispositivo estiver instalado no carro ou com a base, se for usá-la. Isso porque como o pescoço ainda é muito molinho, o ideal é que o acessório deixe a criança mais deitada do que sentada, para não forçar a coluna com o peso da cabeça, que pode pender para frente. No caso dos bebês um pouco maiores, algumas cadeirinhas também têm a opção de reclinação – que pode oferecer mais conforto para o seu filho se ele pegar no sono durante passeios ou viagens, por exemplo.

+ Qual é a melhor idade para o bebê ir para a creche?

Quando é preciso trocar o bebê conforto pela cadeirinha maior?

Verifique o grupo a que o produto que você comprou atende e fique atento ao peso, ao tamanho e ao conforto do seu filho. O bebê conforto que atende o Grupo 0+, ou seja, crianças de 0 a 1 ano, geralmente pode ser usado desde o nascimento até que a criança complete 13 kg. Já as cadeirinhas para o Grupo I e II podem ir até 18 kg ou 36 kg, dependendo do modelo. Os assentos de elevação ou boosters também suportam, em geral, até 36 kg e devem ser usados até que a criança complete 7 anos e meio ou 1,45 m de altura.

 

No caso da cadeirinha maior, quais itens devem ser observados na hora da escolha?

É sempre importante observar, em primeiro lugar, a segurança. Veja se tem cinto de cinco pontos, se a criança fica bem presa, se tem sistema isofix ou se fica bem ajustada ao cinto de segurança do próprio veículo e se é aprovada pelo Inmetro. Verifique também se o tamanho é adequado para o peso, altura e tamanho do seu filho, se cabe no seu carro e se é fácil de limpar, em caso de necessidade. Se preferir, veja se tem recline, para oferecer mais conforto ao bebê. 

Como escolher o booster ou assento de elevação?

O booster pode ser usado desde os 4 anos de idade e, pela lei, até os 7 anos e meio. Entidades como a ONG Criança Segura recomendam o uso por um tempo um pouco mais longo, até os 10. Para isso, verifique o peso que o produto que você comprou suporta adequadamente. Veja se o assento é confortável, se tem aprovação de segurança pelo Inmetro e se fica bem ajustado ao veículo com o cinto de segurança. Os produtos que contam com sistema isofix são mais fáceis de prender corretamente ao veículo. As versões que têm apoio para os braços podem oferecer mais conforto e deixam a criança mais centralizada.

Booster preto MultikidsAssento booster pode ser usado por crianças maiores de 4 anos até 7 anos e meio ou mais. Esse, da Multikids Baby, tem apoio para os braços e capa removível, que pode ser lavada na máquina. 

Uma cadeirinha boa é necessariamente uma cadeirinha mais cara? Existem no mercado versões mais econômicas, mas que também atendem bem às necessidades dos pais e da criança?

Existem, sim, versões com melhor custo benefício. O importante é observar se o produto tem o selo de segurança e se atende às necessidades da sua família. Observe os critérios que indicamos acima e veja qual se encaixa no seu orçamento, sem prejudicar a segurança e o conforto do seu filho – e bom passeio! 

 

E mais:

+ Primeira viagem com o bebê: 5 dicas para acertar

+ Preparando as malas de maternidade

+ Como montar a lista de enxoval de bebê

Quer saber mais? Assine a newsletter de BabyHome e receba toda semana mais dicas sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e grátis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *