Habituais na gravidez, as cãibras podem surgir em qualquer fase da gestação, devido ao esforço muscular contínuo, mas costumam acontecer com maior intensidade a partir do segundo trimestre, conforme a postura da gestante vai se alterando. Na fase final, quando o bebê “usa” o aporte de cálcio da mãe para fortalecer seus ossos, a situação se torna mais comum, em especial nas panturrilhas e nas coxas. 

Massagens locais e bolsas de água quente diminuem o desconforto. Puxar o pé, alongando a perna, também ajuda. Porém, conforme a barriga for crescendo e dificultar o alongamento, é bom pedir ajuda ao parceiro. Outra recomendação é conversar com o obstetra sobre a necessidade de reposição vitamínica.

É importante comer corretamente, principalmente alimentos ricos em cálcio, magnésio e potássio, e beber muita água, já que a má hidratação do organismo prejudica a circulação. Exercícios físicos, sob orientação médica, são outra arma poderosa contra as cãibras.

E mais:

+ Previna-se contra as varizes

+ Sapatos: quais as melhores escolhas durante a gravidez?

+ Você merece um dia de spa em casa

Quer saber mais? Assine nossa newsletter e receba toda semana mais matérias sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e gratuito.

Ei, gostou do conteúdo?
Então não deixe de assinar nossa newsletter e receba os melhores conteúdos sobre gravidez, maternidade e o mundo dos bebês. Além disso, receba grátis também 3 livros infantis em formato de e-book.

    É Gratuito ;)

      Ei, gostou do conteúdo?
      Então não deixe de assinar nossa newsletter e receba os melhores textos sobre gravidez, maternidade e o mundo dos bebês.
      É Gratuito ;)