Você sabia que a pele é maior órgão do corpo humano e corresponde a 15% do nosso peso? Ela é uma barreira física natural contra a ação dos raios ultravioleta e ainda ajuda na manutenção da nossa temperatura. A pele do bebê, entretanto, é imatura, frágil e suscetível às agressões do meio ambiente. Até mesmo a urina e o suor da criança podem causar problemas como assaduras, dermatites e brotoejas.

+ Como prevenir e acabar com as assaduras?

É por isso que protetores solares e repelentes não devem ser usados até que seu filho complete seis meses de vida – boa parte dos pediatras orienta que os pais deem preferência a barreiras físicas, como camiseta, chapéu e guarda-sol, e que o protetor comece a ser usado apenas quando o bebê não ficar mais parado na sombra.

PUBLICIDADE

+ Que cuidados ter com o bebê na praia?

5 dicas para proteger a pele do seu filho

Para manter a pele do seu bebê livre de incômodos, siga as seguintes sugestões:

  • Nos dias frios ou de temperaturas muito variáveis, evite vestir o bebê com muitas roupas, principalmente de lã. O exagero pode levar ao entupimento das glândulas das crianças e às temidas brotoejas. Aposte em camadas de roupas mais finas, que podem ser tiradas quando o tempo esquentar.
  • Não aqueça demais a água do banho, mesmo nos dias frios. A água deve estar morna, com temperatura em torno de 37ºC a 38ºC. A pele da criança não deve ficar avermelhada e o banho precisa ser mais rápido (entre 5 a 7 minutos).
PUBLICIDADE
  • Sabonetes e xampus devem ser específicos para bebês e hipoalergênicos. Não exagere na quantidade e use apenas as mãos para lavar o seu filho, pelo menos nos primeiros meses. Buchas ou paninhos podem arranhar.
  • Hidratantes são ótimos – especialmente no inverno, quando a pele de todo mundo tende a ficar mais ressecada – e, novamente, precisam ser próprios para bebês e hipoalergênicos. Na hora de aplicar, evite passar diretamente na pele da criança: esquente primeiro um pouco de produto na mão, pois a sensação gelada vai incomodar e até provocar choro. Atenção: o óleo de massagem não substitui o hidratante nem é capaz de penetrar na pele.
  • Trocar as fraldas com frequência, sempre depois de uma higienização adequada, ajuda a manter a pele livre de assaduras. Na maior parte dos casos, essa inflamação é decorrente do contato com a urina e as fezes por muito tempo.
PUBLICIDADE

E mais:

+ Como vestir o bebê no calor?

+ Precisamos falar sobre… cocô

+ É fundamental vestir seu filho com roupas confortáveis

Quer saber mais? Assine nossa newsletter e receba toda semana mais matérias sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e gratuito.

Ei, gostou do conteúdo?
Então não deixe de assinar nossa newsletter e receba os melhores conteúdos sobre gravidez, maternidade e o mundo dos bebês. Além disso, receba grátis também 3 livros infantis em formato de e-book.

    É Gratuito ;)

      Ei, gostou do conteúdo?
      Então não deixe de assinar nossa newsletter e receba os melhores textos sobre gravidez, maternidade e o mundo dos bebês.
      É Gratuito ;)