Com a reta final da gestação cada vez mais próxima, possivelmente seus níveis de ansiedade estão nas alturas, certo? A perspectiva do parto causa aquele friozinho na barriga – que, por sinal, não para de crescer e dificulta achar um jeito bom de se acomodar na cama. Ou no sofá, já que não são poucas as grávidas que se refugiam na sala, no meio da noite, para tentar  pegar no sono no meio de algum episódio do seriado favorito. 

Passar a madrugada em claro não é uma boa ideia: afinal de contas, você precisa descansar e dormir pelo menos oito horas. No último trimestre, no entanto, isso fica cada vez mais difícil: falta ar, azia, refluxo, dor nas costas… Mas não é uma missão impossível, como mostram as dicas a seguir:

O que fazer antes de deitar

• Faça refeições leves à noite e evite deitar logo após comer. Isso ajuda a combater a azia decorrente do refluxo gástrico provocado pelos hormônios, mal-estar que impede o sono tranquilo. 

• Hidratação é importante, mas não exagere na ingestão de água à noite. Caso contrário, terá que levantar muitas vezes durante a noite para urinar, o que prejudicará bastante o seu repouso. No último xixi da noite, abaixe o tronco em direção às pernas o máximo que puder – isso faz com que a bexiga se esvazie ao máximo.

• Chás de camomila, erva-cidreira ou erva-doce são relaxantes. Ouvir uma música suave e ler um livro – de um assunto leve, por favor! – também induzem a um estado de calma e tranquilidade propício ao sono.

• Reduza a luminosidade, o barulho do ambiente e o uso de eletrônicos cerca de uma hora antes de ir dormir.

• Um banho relaxante, nem muito quente nem gelado, é um dos remédios naturais mais eficazes contra a ansiedade e as preocupações.

+ Inspire-se nessas ideias para relaxar e passar o tempo

Como acomodar a barriga na hora de dormir

• Deite-se sempre do lado esquerdo, pois do lado direito do útero passam os dois maiores vasos sanguíneos do organismo, a veia cava e a artéria aorta. Ao comprimir essa região, a circulação sanguínea fica comprometida.

• A barriga deve ficar levemente voltada para fora da cama. Ao se levantar, cuidado: primeiro ponha as pernas para fora, para não forçar a coluna.

• Coloque uma almofada ou um travesseiro pequeno sob a barriga e/ embaixo das pernas para deixá-la mais confortável. Isso também ajuda a evitar torções na coluna.

• Ao contrário de você, o bebê está esbanjando energia e não para de se mexer? Experimente conversar com ele, num tom de voz suave, acariciando a barriga.

• A respiração mais curta e ofegante por conta do aumento do volume abdominal também atrapalha o descanso. Uma forma de minimizar esse desconforto e respirar melhor é elevar um pouco o tronco, com um travesseiro extra, por exemplo.

E mais:

+ Sono delicado: um assunto de mães

+ Sonhos de gestante

+ Como tornar o momento que antecede o parto mais tranquilo

Quer saber mais? Assine nossa newsletter e receba toda semana mais matérias sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e gratuito.