Não precisa ter medo da hora do banho do bebê. Com um pouco de prática e algumas dicas, logo você nem vai lembrar o quanto parecia difícil no começo.

1. O preparo

Deixe tudo preparado antes, não só no banheiro como no trocador – inclusive, a roupa que o bebê vai vestir. Enquanto faz isso, mantenha o bebê no berço se estiver só para evitar acidentes.

2. Volume da água

Lave a banheira antes do banho da criança. Aliás, ela deve ser usada apenas para esse fim. Não precisa enchê-la muito – a quantidade de água deve cobrir até o umbigo do bebê.

+ Higiene do recém-nascido: tudo o que você precisa saber

3. Temperatura do banho do bebê

A água do banho do bebê deve estar morna, com temperatura em torno de 37ºC a 38ºC. Há quem prefira ferver a água, pelo menos até a queda do coto, mas não é obrigatório. O importante é que a temperatura não agrida a pele do bebê. Um bom jeito de checar é colocar a parte interna do seu braço na banheira. Por ser uma região mais sensível, você vai avaliar se a temperatura está boa para o seu filho.

+ Como dar banho no bebê nos dias frios

+ 4 dicas de brincadeiras na hora do banho

4. Ao levá-lo à banheira

Os bebês costumam se assustar ao serem levados à banheira, pois têm a sensação de que estão caindo. Eles chegam até a levantar as mãos (é o reflexo de Moro). Uma forma de amenizar esse susto é colocar seu bebê primeiro de frente para a água e só depois virá-lo de costas. Ou enrolá-lo na toalha-fralda.

5. O truque da toalha-fralda

Para dar mais segurança, você pode enrolar seu bebê em uma toalha-fralda, como um charutinho. Lave o rostinho com algodão molhado. Em seguida, molhe a cabeça com água (o corpo fica fora da banheira por enquanto). Passe o sabonete líquido para bebês (hipoalergênico) e enxague. Seque a cabeça e o rosto. Só então, mergulhe o corpo do seu filho na água, enrolado na toalha-fralda, começando pelos pés. Abra a toalha de um lado, lave essa parte e cubra de novo. Depois o outro braço e, por fim, as pernas e a região genital. Retire a fraldinha, vire o bebê e lave a região posterior.

+ Cuidados básicos com a pele do bebê

6. Como segurar o bebê no banho

Quando ele estiver de barriga para baixo: com uma das mãos, segure o braço dele na região da axila e apoie o peito e sua cabeça no seu antebraço.

Quando estiver de costas: da mesma forma, segure o braço com sua mão, na altura da axila, e deixe suas costas e cabeça apoiadas no seu antebraço. Você também pode segurar a região da nuca do bebê com a mão, apoiando as costas dele em seu antebraço. Neste caso, o ideal é também lavar primeiro o rosto (pode ser com algodão molhado) e a cabeça e, depois, o tronco e o resto do corpo. Deixe por último os genitais e o bumbum, para evitar contaminações. Mantenha sempre a cabeça da criança elevada.

7. Secar

A toalha-fralda é a peça ideal para enxugar os bebês, por causa da textura macia. Enxugue de cima para baixo (da cabeça para os pés), com o cuidado de deixar cada dobrinha (pescoço, axilas, vãos entre os dedos) bem seca. A pele do bebê é muito delicada e fica assada fácil.

8. Frequência

Nas regiões mais quentes ou em períodos do ano com mais calor não há problema em dar mais de um banho por dia.

+ Como vestir o bebê no calor

9. Hora para o banho do bebê

Não há um padrão; afinal, cada família tem sua rotina. Porém, evite as horas mais frias do dia. O começo da tarde é o ideal, neste caso.

10. Interaja!

Mesmo rápido, para evitar que o bebê sinta frio, dá para aproveitar o banho para conversar com o seu filho, cantar, fazer contato olho no olho e, claro, estreitar o vínculo de amor que a cada dia cresce entre vocês. Você também pode colocar uma música suave, de fundo, para ajudar a relaxar.

E mais:

+ Como prevenir e acabar com as assaduras?

+ Precisamos falar sobre… cocô

+ Converse com o bebê sempre que puder

Quer saber mais? Assine a newsletter de BabyHome e receba toda semana mais dicas sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e grátis.