Você lava o nariz do seu bebê com soro fisiológico? Se a resposta foi negativa, talvez seja a hora de repensar. E a gente explica o porquê. Segundo Roberta Andrade, especialista em fisioterapia respiratória de São Paulo (SP), isso pode ser feito desde o nascimento. Aqui, quatro vantagens, listadas por ela: 

  1. Retira o excesso de muco nasal, responsável pelo gotejamento na garganta, que causa tosse noturna.
  2. Remove das vias aéreas mediadores inflamatórios e melhora em 64% os sintomas respiratórios, além de se mostrar efetiva na melhora dos quadros de rinite alérgica, gripes e resfriados.
  3. Retira partículas de poeira e ácaro, responsáveis por espirros frequentes.
  4. Pode ser capaz de retirar das vias aéreas vírus e bactérias antes que eles entrem em ação e infecte o bebê.
  5. A realização diária de lavagem nasal em pessoas não gripadas pode reduzir significativamente os episódios, sintomas e duração das infecções virais, e também mostrou redução no uso de antibióticos!
  6. A lavagem nasal diária apresentou melhora da qualidade do sono em 67% das crianças estudadas.

Como lavar o nariz do bebê do jeito certo?

Para os bebês recém-nascidos, o ideal é fazer a limpeza com um conta-gotas e uma quantidade menor de soro, no máximo 3 ml em cada narina. Se quiser pode usar o soro fisiológico em temperatura ambiente ou amornar um pouquinho. Teste na sua pele. A temperatura deve ser a mesma do corpo. “Ao inserir o soro, mantenha o bebê sempre mais elevado, para evitar possíveis engasgos. E não é para forçar de um lado, esperando que saia do outro, ok? É uma limpeza mais gentil”, explica a fisioterapeuta. 

Como lavar o nariz do bebê do jeito certo

+ Como acabar com o choro no banho

A partir de 6 meses, a limpeza pode ser feita com uma quantidade um pouco maior de soro, em uma seringa separada exclusivamente para este uso. Incline um pouco a cabeça da criança para frente e insira o soro em uma narina de cada vez. Não precisa ser um jato forte e rápido, mas a pressão deve ser contínua. “Algumas crianças não devem ser submetidas a esta técnica, como as crianças com neuropatia, prematuros, e bebês que ainda não tenham tônus muscular eficiente (pois ele está relacionado a capacidade de “proteger” suas vias aéreas de um possível engasgo)”, ressalta Roberta. 

Quanto soro usar no conta-gotas ou na seringa, por idade?

Até 1 mês – 1 ml

De 2 a 6 meses – 5 ml

De 6 meses a 1 ano – 5 a 10 ml

A partir de 1 ano – 10 ml

Quantas vezes por dia é preciso lavar o nariz do bebê?

De acordo com Roberta, se a criança não tem catarro, lavar o nariz uma vez ao dia pode ser suficiente. Já se a criança estiver congestionada, pode fazer de duas a cinco vezes ao dia, sem problemas. 

+ Quando telefonar ao pediatra?

O bebê chora toda vez que eu tento lavar o nariz dele. O que fazer?

No começo, seu filho pode até estranhar, mas, com o tempo, se você fizer isso diariamente, ele se acostuma. “Insira na rotina, como escovar os dentes”, recomenda Roberta. Para as crianças maiores, ajuda se você usar brinquedos, como bonecas, para simular a lavagem, em um momento descontraído. Faça também em você. Assim seu filho vê que é rapidinho e não tem nenhum problema. 

Higienizar a seringa é importante!

Não adianta lavar o nariz do bebê, se a seringa estiver contaminada. Para evitar a formação de fungos, você precisa desmontar as peças e lavar bem com água e sabão após cada uso. Depois, seque tudo separadamente. Armazene a seringa em um lugar seco, sem umidade. Evite gavetas e armários fechados. A dica de Roberta é deixar um copo ou potinho com as seringas sobre a pia do banheiro, como os de escovas de dente. Assim elas ficam ao ar livre e, de quebra, sempre à vista, para você lembrar de fazer a higiene nasal. 

E mais:

+ Roncar na gravidez é normal?

+ Quais os riscos e benefícios de ter animal de estimação para a criança?

+ 10 bons motivos para amamentar

Quer saber mais? Assine a newsletter de BabyHome e receba toda semana mais dicas sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e grátis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ei, gostou do conteúdo?
Então não deixe de assinar nossa newsletter e receba os melhores conteúdos sobre gravidez, maternidade e o mundo dos bebês. Além disso, receba grátis também 3 livros infantis em formato de e-book.

    É Gratuito ;)

      Ei, gostou do conteúdo?
      Então não deixe de assinar nossa newsletter e receba os melhores textos sobre gravidez, maternidade e o mundo dos bebês.
      É Gratuito ;)