Por volta de 5 a 6 meses de idade, seu bebê descobre que, além da mão fofa e gorducha, o pé também está ao alcance da sua boca. Como a flexibilidade dele é cada vez maior, vai começar a levá-los à boca e brincar com eles.

PUBLICIDADE

Some-se a isso a baba, volumosa e constante, e temos uma criança – totalmente saudável, preste atenção! – conhecendo e experimentando o mundo de acordo com suas possibilidades: sugando, lambendo, “mordendo”…

É a fase oral do bebê, em que a boca os ajuda a explorar o mundo e a sucção da mão e do pé dá prazer e conforto – afinal, eles já faziam isso desde o útero. Mas não só isso: é pela boca que ele tenta conhecer tudo o que está à sua volta. Primeiro, o próprio corpo, depois os objetos externos. Então, não precisa se preocupar nem tentar tirar a mão ou o pé da boca do bebê, muito menos dar uma chupeta. Essa fase costuma ir até 1 ano e meio a 2 anos de idade.

+ Baba, baby: é normal o bebê babar tanto?

Primeiros dentes

E por falar em morder, em breve o primeiro dentinho vai surgir na gengiva banguela. É também por essa razão que o bebê gosta de levar tudo à boca: a gengiva coça muito nessa fase e incha.

Vale conversar com o pediatra para adotar algum tipo de alívio para o desconforto, inclusive com algum remédio – porque a erupção costuma doer, viu? Deixe também mordedores e brinquedinhos moles perto da criança, no berço, no bebê-conforto ou no tapete de atividades. Uma dica é comprar aqueles mordedores que vão ao freezer, porque a superfície gelada ajuda a amenizar a dor.

PUBLICIDADE

E mais:

+ Dentição: tudo o que você precisa saber

+ A descoberta das mãozinhas

+ O que esperar dos próximos meses

Quer saber mais? Assine a newsletter de BabyHome e receba toda semana mais dicas sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e grátis.

PUBLICIDADE