Agora que o seu filho se interessa mais pelo mundo, leve-o para passear ao ar livre sempre que possível. Mas, mesmo que não tenha saído ainda de casa, você pode dar banho de sol no seu bebê desde os primeiros dias de vida, desde que com cuidado. Os raios solares ajudam a sintetizar a vitamina D no organismo. Ela é fundamental para o desenvolvimento dos ossos e para prevenir o raquitismo.

PUBLICIDADE

O ideal é que o passeio ou o banho de sol do bebê seja realizado nos horários em que a radiação ultravioleta é mais amena, ou seja, entre 7 e 10 horas da manhã e após as 16 horas. Uma voltinha de 15 minutos, com braços e pernas descobertos, já é suficiente para aproveitar os benefícios.

+ Primeiro passeio com o seu filho, um momento especial

Em casa, se estiver calor, você pode despir completamente o bebê e deixá-lo no sol por 5 a 10 minutos. Aproveite o sol que entra pela janela, se não tiver área externa. Mas de preferência com ela aberta, de modo que o bebê absorva os raios que não atravessam o vidro.

Cuidados a ter na exposição ao sol

Tenha bastante cuidado com a pele sensível do bebê, especialmente do recém-nascido. Como o protetor solar não deve ser aplicado antes de a criança completar seis meses de vida – e, ainda assim, o melhor é adiar um pouco mais -, nos dias de muito calor é preciso proteger a pele de seu filho com roupas leves e um chapéu ou boné, além de evitar deixá-lo diretamente sob o sol.

+ Como vestir o bebê no calor?

Por causa da exposição precoce ao sol, e o risco de incidência de câncer de pele o no futuro, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) passou a recomendar o banho de sol apenas para bebês com icterícia ou maiores de seis meses. Para os menores, a exposição direta deve ser evitada, segundo a SBP. Nesse caso, eles devem ser protegidos com sombrinhas, chapéus e roupas. O órgão também recomenda que o protetor solar seja usado a partir dos 2 anos e que os pais prefiram barreiras físicas antes disso, como as roupas.

Porém, não cubra o carrinho com uma fralda ou outro tecido, sob o risco de elevar muito a temperatura para seu filho e desidratá-lo.

PUBLICIDADE

E mais:

+ Que cuidados ter com o bebê na praia?

+ Bebê pode tomar suco e chá?

+ Bebê em restaurante: treinando para comer sozinho

Quer saber mais? Assine a newsletter de BabyHome e receba toda semana mais dicas sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e grátis

Ei, gostou do conteúdo?
Então não deixe de assinar nossa newsletter e receba os melhores conteúdos sobre gravidez, maternidade e o mundo dos bebês. Além disso, receba grátis também 3 livros infantis em formato de e-book.

    É Gratuito ;)

      Ei, gostou do conteúdo?
      Então não deixe de assinar nossa newsletter e receba os melhores textos sobre gravidez, maternidade e o mundo dos bebês.
      É Gratuito ;)